Como montar uma esmalteria simples e pequena passo a passo  

Saiba que é possível montar uma esmalteria com pouco dinheiro.

Assim, para te guiar no caminho do “bom empreendedorismo” e para que você fique atento aos detalhes que envolvem a abertura de um negócio do zero criamos um passo a passo sobre como montar uma esmalteria.

O que é uma esmalteria?

Se você nunca ouviu esse termo, deve saber que uma esmalteria é um local onde apenas são prestados serviços de manicure e pedicure, bem como venda de esmaltes. Os serviços são limitados, mas bem procurados por clientes fidelizadas.

Apenas equipamentos de manicure e pedicure e uma variedade de esmaltes – que são produtos bem baratos, em geral – é suficiente. E, claro, ter um ambiente bonito e feminino para atrair o público faz parte da captação de clientes.

Abrir uma esmalteria vale a pena?

O Brasil é o terceiro maior mercado de produtos de beleza do mundo. Desse modo, esse tipo de segmento promissor. Com isso, é possível dizer que uma esmalteria é um negócio seguro e pode ser rentável, a depender do seu plano de negócio.

A lucratividade se dá porque você pode trabalhar com esmaltes para todos os gostos e bolsos, além de prestar o serviço de feitio das unhas de pés e mãos. Um esmalte popular tem um custo de aproximadamente R$ 3,00. Se você o vender por R$ 6,00 já terá 100% de lucro.

Serviços prestados em uma esmalteria

Os serviços prestados em uma esmalteria podem variar desde a coloração comum das unhas, com retirada de cutículas, como tratamento para pés e mãos, unhas decoradas, artísticas, unhas de gel ou de porcelana, adesivamento de unhas, dentre outros.

A venda de produtos a mulheres que tenham alergia ao esmalte – que são mais difíceis de encontrar – também pode ser um grande diferencial para o seu negócio.

Como montar uma esmalteria passo a passo

Seja uma esmalteria simples ou uma esmalteria de luxo, agora veremos o que você precisa observar para montar um negócio de esmalteria de sucesso.

1) Observe a concorrência

Em alguns lugares do Brasil montar uma esmalteria pode suprir uma demanda antes quase inexistente.

No entanto, em grandes cidades há que se considerar os salões de beleza mais tradicionais, com clientela fixa e que tem um maior poderio de capital para investir em funcionários e em tecnologia de ponta, bem como nos melhores produtos.

Assim, ter um diferencial é imprescindível para que sua esmalteria tenha algum diferencial, como prestar serviços a domicílio e a fazer entregas. Ter bons fornecedores também é essencial.

2) Acerte na localização

Ser realista em relação ao tipo de negócio que você será capaz de fomentar já é um passo importante.

Assim, considerando o valor da prestação de serviço, dos seus custos etc., não adianta inserir o seu negócio em uma localização que não o privilegie em relação ao lucro.

É interessante realizar uma pesquisa de mercado prévia para que você saiba em quais regiões há mais concentração de mulheres com o perfil que você busca, para não começar com o pé esquerdo.

3) Observe as exigências legais para abrir uma esmalteria

Para que você possa abrir uma esmalteria com segurança e prestar um bom serviço aos seus clientes, o novo empreendedor deve se atentar sobre eventuais exigências. Em relação à constituição da empresa, o investidor pode atuar sozinho ou com sócios.

O procedimento de abertura da empresa envolve o registro dela perante órgãos como Junta Comercial, Receita Federal, solicitação de alvará perante o Município, registro em entidade sindical, cadastramento na Caixa para repasse de FGTS e INSS, registro no Corpo de Bombeiros, ter o “habite-se” expedido pelo Município, alvará da ANVISA.

4) Contrate pessoal qualificado

É imprescindível que você tenha:

  • Telefonista ou recepcionista
  • Manicure
  • Pedicure
  • Podólogo
  • Caixa
  • Profissional para limpeza e conservação
  • Gerente
  • Contador

5) Insumos e móveis para esmalteria

Quanto aos insumos e móveis para esmalteria, você vai precisar, no mínimo, de:

  • Iluminação
  • Cadeiras, poltronas ou bancos de espera
  • Balcão (para vender produtos, se for o caso)
  • Prateleira (para os esmaltes)
  • Internet
  • Telefone fixo
  • Computador
  • Software de agendamentos
  • Impressora
  • Controle de fluxo de caixa
  • Máquinas de cartão de crédito e débito
  • Cadeira ergométrica
  • Material de escritório em geral
  • Nota fiscal e impressora
  • Revistas, jornais e livros.
  • Bebedouro
  • Copos
  • Garrafa de café
  • Ar condicionado
  • Bancos para as profissionais
  • Carrinho de esmaltes
  • Espelhos e vitrines (para venda, se for o caso, de produtos da esmalteria)
  • Equipamentos para unhas (alicate, espátula, cortadores, pinças etc.).
  • Toalhas
  • Kits de luvas higiênicas
  • Palitos, lixas descartáveis
  • Esmaltes de várias cores
  • Álcool
  • Removedor, amolecedor de cutícula etc.
  • Cremes hidratantes para pés e mãos
  • Algodão
  • Esterilizador
  • Equipamentos para banheiro e pequena cozinha

6) Investimento para abrir uma esmalteria

O investimento total de uma esmalteria gira em torno de R$ 35 mil reais, com a necessidade de mais ou menos R$ 5 mil reais de capital de giro.

Assim, o custo do serviço deverá ser avaliado dependendo do tamanho do estabelecimento, do fluxo de vendas, da localização e do público-alvo.

Para ter mais lucros, é interessante negociar bastante os materiais necessários para uso diário. Manter uma equipe muito grande em uma esmalteria pequena também pode não compensar.

7) Modelos de esmalteria

Você pode optar por diversos modelos de esmalterias, como:

  • Online (apenas ofertar a venda de esmaltes)
  • A domicílio
  • Estabelecimento
  • Quiosque

Cada uma delas terá um custo de investimento e operacional diferente.

Agora vamos versar sobre outros modelos de esmalteria.

Esmalteria online

A esmalteria online não precisa de um espaço físico, mas tão somente é capaz de oferecer produtos para cuidados de pés e mãos e esmaltes. Se a sua empresa for pequena e você não tiver um fornecedor onde consiga economizar muito, talvez a esmalteria online não seja a melhor opção, diante de tanta concorrência.

Esmalteria a domicílio

A esmalteria a domicílio é uma espécie de esmalteria-truck, onde você pode prestar os seus serviços a domicílio para os seus clientes. Pode ser interessante oferecer o serviço em empresas privadas, órgãos públicos ou em outros locais com grande fluxo de pessoas..

Esmalteria quiosque

A esmalteria quiosque exige espaço menor. É ideal para espaços com grande circulação de pessoas, como shoppings, supermercados etc.

8) Divulgação da esmalteria

Se você não tem muitos recursos para publicidade e marketing, aposte em folhetos, panfletos, cupons de descontos (que ultimamente têm sido tendência no Brasil), promoções, cartões de fidelidade e outros. Também não deixe de fazer um blog e investir no Facebook.

9) Decoração e marca

Criar uma marca forte, que desperte o espírito de feminilidade, fará com que sua esmalteria seja lembrada. Proporcionar um ambiente bonito, decorado e aconchegante para as clientes também é algo bem importante.

Quando se trata de consumidor, são os próprios olhos que são seduzidos por uma oferta de prestação de serviço.

Aliás, enquanto estiver no início, tente manter um portfólio dos serviços ou dos modelos de unhas decoradas, por exemplo, a fim de passar mais segurança e de divulgar o trabalho dos seus profissionais.

A esmalteria pode ser um excelente negócio, mas como qualquer outro exige planejamento, organização, um pouco de investimento, de dedicação e outras questões por parte do investidor.

Descubra Como Ganhar R$10.000,00 Mil Reais Por Mês Através Da Internet A Partir Do Zero Mesmo Sendo Iniciante Com Essa Aula

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *